Últimas Notícias

Compartilhe

Loja de roupas ficou completamente danificada no centro de Itápolis (SP). 
Funcionários conseguiram salvar estoque e ninguém ficou ferido.

Do G1 Bauru e Marília
Incêndio destruiu loja de roupas em Itápolis (Foto: Daniela Oliveira/TEM Você)Incêndio destruiu loja de roupas em Itápolis (Foto: Daniela Oliveira/TEM Você)
Um incêndio de grandes proporções destruiu uma loja de roupas na noite de sexta-feira (30), no centro de Itápolis (SP). Muitos consumidores que estavam na região enviaram fotos das chamas pelo aplicativo TEM Você.
Os bombeiros acionaram pelo menos dois caminhões e demoraram aproximadamente três horas para controlar totalmente as chamas. Como a loja estava fechada, não havia ninguém no local e ninguém ficou ferido. O local foi interditado para o trabalho da Perícia Técnica e as causas do incêndio serão investigadas.O fogo de alastrou rapidamente, formou chamas altas e uma fumaça negra, que diversos atraiu curiosos. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, apesar do prédio ter sido destruído, o estoque de roupas foi retirado a tempo. 
Bombeiros demoraram três horas para controlar as chamas (Foto: Daniela Oliveira/TEM Você)Bombeiros demoraram três horas para controlar as chamas (Foto: Daniela Oliveira/TEM Você)

Apreensão foi feita dentro de um ônibus na Rodovia Orlando Quagliato. 
Passageira que levaria as drogas para João Pessoa foi presa em flagrante.

Do G1 Bauru e Marília
Passageira levaria drogas para João Pessoa (Foto: Polícia Rodoviária/Divulgação)Passageira levaria drogas para João Pessoa (Foto: Polícia Rodoviária/Divulgação)
Drogas estavam presas por fitas (Foto: Polícia Rodoviária/Divulgação)Drogas estavam presas por fitas
(Foto: Polícia Rodoviária/Divulgação)
Mais de um quilo de haxixe e 700 gramas de pasta base de cocaína foram encontradas com uma mulher, na noite de sexta-feira (30), na Rodovia Orlando Quagliato, em Ourinhos (SP).
De acordo com informações da Polícia Rodoviária, os entorpecentes estavam presos ao corpo de uma passageira. A polícia fazia uma fiscalização no ônibus que saiu de Campo Grande (MS) com destino ao Rio de Janeiro (RJ).  
As drogas foram encontradas presas por uma fita adesiva e escondidas debaixo da jaqueta da jovem, na região do abdômen. Segundo a passageira, ela pegou a droga em Nova Alvorada do Sul (MS) e levaria até a cidade de João Pessoa (PB).
A jovem encaminhada para a Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Ourinhos, onde o delegado de plantão ratificou prisão em flagrante e a suspeita permaneceu à disposição da Justiça.

Dois homens, um deles armado com uma espingarda, atirou durante um assalto em um posto de combustíveis no final da noite de sexta-feira (30), no Jardim Modelo, em Pederneiras. O roubo ocorreu por volta de 23h40, o funcionário reagiu ao roubo e os bandidos acabaram efetuando um disparo.

Ilustração
Bandidos atiraram após a vítima reagir, ninguém ficou ferido
Segundo a Polícia Civil, os dois invadiram o local e exigiram que o funcionário lhes entregasse o aparelho celular.
A vítima entrou em luta corporal com os bandidos, que atiraram e fugiram na sequência. Por sorte, o tiro não feriu ninguém. A dupla fugiu levando o aparelho celular do funcionário.

A Polícia Militar (PM) foi acionada e  após realizar buscas encontrou os dois suspeitos, um deles menor de idade, em uma residência na Vila Paulista.

Os dois foram encaminhados à delegacia, onde foi elaborado o flagrante por roubo. Cauã Matheus Lopes, 18 anos, foi preso e encaminhado à Cadeia Avaí. Já o adolescente foi apreendido e levado para a Fundação Casa.

Outro roubo

Ainda na tarde de sexta-feira (30), uma peixaria no Centro de Pederneiras também foi alvo de uma dupla de assaltantes que fugiu levando dois aparelhos celulares, além de R$ 500,00 em dinheiro.

A Polícia Civil agora irá investigar o caso. Há suspeita de que a dupla presa no assalto ao posto de combustíveis também seja a autora deste crime.

Homem de 60 anos morreu na terça-feira e família atribui causas da morte a agressões


Arquivo: João Rosan
Segundo o delegado Paulo Calil, as investigações estão adiantadas e os suspeitos foram identificados
A Polícia Civil precisou interromper um velório em Duartina (49 quilômetros de Bauru) após uma suspeita de que o morto poderia ter sido vítima de homicídio e não morte natural, conforme informado no atestado de óbito. A família de Devacir de Souza Campos, 60 anos, alega que ele tenha morrido em razão de agressões que sofreu há 14 dias.

O corpo do aposentado foi levado até o Instituto Médico Legal (IML) de Bauru para que fosse feito exame necroscópico.

O laudo deve sair na próxima segunda-feira. Esse é o segundo caso na região, em pouco mais de um mês, em que foi preciso parar um velório por suspeita de crime (leia ao lado).

De acordo com o delegado Paulo Calil, que responde pelo município enquanto o delegado titular Antônio Augusto de Campos Lima está em férias, consta em boletim de ocorrência (BO), registrado no dia 12 de janeiro, que Devacir foi agredido por quatro pessoas em seu sítio, localizado na zona rural da cidade, próximo ao bairro Alambari.

Por volta das 19h, os acusados chegaram em um veículo na cor preta e armados com pedaços de pau, aplicando socos, chutes e pauladas em diversas partes do corpo da vítima, que ficou gravemente ferida. Em seguida, fugiram do local. 

“O delegado Antônio registou o caso como lesão corporal e, quatro dias depois, entrou em férias. Devacir continuou internado até o dia 16 de janeiro, quando recebeu alta médica”, esclareceu Calil.

Ele explicou ainda que o estado de saúde do homem teria se agravado e ele precisou ser encaminhado ao Hospital Estadual (HE) de Bauru, onde morreu na terça-feira (27).
“O médico entendeu que fosse peritonite de úlcera gástrica e a unidade emitiu atestado de óbito por morte natural”, acrescentou o delegado.

Suspeita

Após a morte de Devacir, a família levantou a possibilidade que ele tenha morrido por consequência das agressões que sofreu em seu sítio no dia 12 de janeiro.

“Tivemos que interromper o velório e levar o corpo ao IML, onde foi feito exame necroscópico bem circunstanciado, que irá constatar as causas da morte”, disse o delegado Calil.

Diante da situação, o caso passou a ser tratado de outra forma. “Foi instaurado inquérito de morte suspeita. Descrevi a ocorrência como homicídio e as investigações estão bem adiantadas. Já temos, inclusive, conhecimento de quem são os autores”, disse Calil, mas limitou-se em revelar a identidade dos suspeitos. A motivação do crime também não foi informada.

Outro caso

No dia 18 de dezembro do ano passado, Pirajuí (58 quilômetros de Bauru) passou por situação semelhante a que ocorreu em Duartina nesta semana. Após princípio de tumulto durante o velório do trabalhador rural Adilson dos Santos, 46 anos, a Polícia Civil precisou ser acionada para levar o corpo dele ao IML.

O homem foi encontrado caído em uma rua no Jardim Aclimação, socorrido por populares e encaminhado ao Pronto-Socorro (PS) da Santa Casa, onde morreu logo após dar entrada. O médico constatou que ele havia morrido em razão de uma parada cardiorrespiratória.

Na ocasião, a irmã de Adilson chegou a acionar a PM depois que vizinhos disseram que ele havia sido agredido. Após investigações, a suspeita foi confirmada e o autor do crime,  Cláudio Carvalho, foi identificado e teve a prisão decretada. O motivo da briga: disputa por uma pipa.

Acorda Jaú/Facebook
Condutor da Courier não resistiu ao impacto da colisão e morreu na hora
Um acidente entre caminhonete e dois caminhões causou a morte de um homem na noite desta sexta-feira (30), no quilômetro 165 mais 500 metros, da rodovia Paulo Nilo Romano (SP-225), em Jaú (53 quilômetros de Bauru).  O acidente aconteceu por volta de 20h30.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros de Jaú, o veículo Ford Courier, com placas de Dois Córregos, estava em uma alça de acesso e, ao entrar na pista, teria sido atingido por uma Scania.

Com o impacto da colisão, o veículo ainda teria sido arrastado por, aproximadamente, 30 metros e só parou após bater na traseira de um caminhão que seguia à frente.

O semiengavetamento acabou fazendo com que os caminhões prensassem o veículo. O motorista da Courier não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu no local. A vítima, J. M.S, teve apenas as iniciais foram informadas pela polícia). Os condutores dos caminhões não tiveram ferimentos.

As causas do acidente ainda serão investigadas. A pista precisou ficar parcialmente interditada até a conclusão da perícia e a retirada dos veículos

Acorda Jaú/Facebook
Os três veículos transitavam na SP- 225 sentido Brotas-Jaú, por volta de 20h30, quando ocorreu o acidente
Fox News/Divulgação
Bobbi Brown, 21 anos, foi encontrada inconsciente na banheira de sua casa, na Geórgia, nos EUA
A filha da cantora Whitney Houston, Bobbi Kristina Houston Brown, 21 anos, foi encontrada inconsciente na banheira de sua casa, na Geórgia, nos Estados Unidos, na manhã deste sábado (31). Ela foi levada para um hospital e voltou a respirar, segundo informou o site americano de celebridades TMZ.

Em 11 de fevereiro de 2012, Whitney Houston morreu afogada na banheira de um hotel de Beverly Hills, em Los Angeles, após ingerir um coquetel de álcool e antidepressivos.

Por volta das 10h30 de hoje, Bobbi foi encontrada desacordada por seu marido, Nick Gordon, e um amigo. Eles realizaram manobras de reanimação cardíaca até a chegada da polícia e dos paramédicos.

A jovem foi encaminhada para um hospital próximo e a informação, ainda de acordo com o site TMZ, é de que ela permanece na UTI. As circunstâncias que levaram Bobbi a ficar desacordada na banheira ainda são desconhecidas.

E os deputados novatos, que tomam posse também hoje, participaram de um evento


Os quatro deputados que disputam neste domingo (1) a presidência da Câmara dos Deputados iniciaram o dia tentando convencer os colegas em favor de suas candidaturas. No plenário Nereu Ramos, os deputados novatos, que tomam posse também hoje, participaram de um evento promovido pela Casa, que contou com a presença dos candidatos Eduardo Cunha (PMDB-RJ), Arlindo Chinaglia (PT-SP), Júlio Delgado (PSB-MG) e Chico Alencar (PSol-RJ).

O líder e candidato do PMDB, Eduardo Cunha, se reuniu com deputados da Frente Parlamentar da Agricultura. Após passar pelo encontro de ambientação dos parlamentares, onde opinou sobre reforma política, ao lado dos adversários, Cunha era aguardado em dois almoços e um chá com bancadas como a feminina e esposas de deputados. No fim do dia, ofereceu um jantar para todos os deputados.

Após se reunir com a bancada do PSB, Júlio Delgado participou de uma reunião que formalizou o apoio do PSDB, PPS e PV à sua candidatura. “Nós não temos aqui a posição partidária, é a posição de atuação. O que esse bloco consolida é que nós temos duas candidaturas que não têm vínculo com o governo, ou com cargos do governo, e por isso dará a elevação da estatura que precisamos para o Poder Legislativo”, disse Delgado, adiantando que os parlamentares dos outros partidos pretendem manter o bloco de forma permanente.

Correndo individualmente no corpo a corpo para convencer os colegas, Chico Alencar disse que não conta com o apoio formal de outros partidos, mas tem conversado com todos os parlamentares e apresentado a sua plataforma. O seu projeto, disse, não visa atender a “pauta corporativista interna” da Câmara. “O importante é o convencimento, você trazer propostas relevantes que deem conta do resgate do Parlamento como casa de fato do povo, e não casa de poucos”, afirmou.

Já Arlindo Chinaglia, que também esteve presente no evento que detalhou o funcionamento da Casa aos novatos, participa de reuniões ao longo do dia com colegas deputados. No fim da tarde, ele comparece a um coquetel com parlamentares mulheres no centro de Brasília e, depois, janta com parlamentares e familiares em um clube, também na capital federal. Na tarde de domingo seus apoiadores farão uma reunião da bancada na Câmara dos Deputados.

Agência Brasil
O deputado Arlindo Chinaglia (SP), apoiado pelo governo para vencer as eleições à presidência da Câmara
O deputado Arlindo Chinaglia (SP), apoiado pelo governo para vencer as eleições à presidência da Câmara neste domingo (1), reagiu com indignação à afirmação feita pelo vice-líder do PMDB na Câmara, Darcísio Perondi, de que o PT propôs na sexta-feira (30) apoio à candidatura do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para a presidência da Câmara. Em troca, Cunha e sua base teriam de se comprometer em apoiar um candidato petista à presidência da Câmara, daqui a dois anos.

"Se eu for responder a cada deputado que sonha, não se sabe se foi por causa do alimento pesado à noite, eu não conduzo a minha campanha", disse Chinaglia, ao ser questionado sobre o assunto. "Isso é mais uma tentativa inócua de tentar tergiversar. Ele não devia estar preocupado com isso. Isso não ocorreu. É óbvio que não", comentou o deputado.

Chinaglia ameaçou ainda contar supostos segredos da campanha feita pelo PMDB para promover a candidatura de Eduardo Cunha, mas não disse exatamente ao que se referia. "Se eu fosse jogar nesse nível, eu daria publicamente informações. Proponho ao deputado Darcísio Perondi dizer na minha frente se ele me autoriza a dizer o que eu sei sobre a campanha do PMDB. Está feito o desafio", afirmou, sem mais detalhes.

A movimentação está intensa neste sábado (31) nos corredores da Câmara, onde os candidatos à presidência da Casa e líderes de partidos tentam firmar apoio na reta final da eleição, que ocorre amanhã às 18:00.

Durante um debate que acontece neste momento na Casa, os quatro candidatos ao comando da Câmara chegaram a ficar lado a lado durante um debate, mas o tema ficou limitado a discussões sobre a reforma política.
  Por  






















Vídeo onde dois jovens aparecem brincando dentro de uma viatura da Companhia de Patrulhamento Tático (CPT), foi divulgado pelo Whatsapp de um terceiro garoto que gravou as imagens. Após ampla divulgação na internet, que causou polêmica e piadas nas redes sociais, na manhã de hoje os jovens foram abordados e encaminhados para uma delegacia da cidade de Jataí, onde ocorreu o fato e logo depois de prestarem depoimento foram liberados.


A Página não oficial do Facebook, O RAIO Imortal, que divulga informações e fotos em apoio a policia militar, divulgou uma publicação com a foto dos três jovens presos.
Segundo informações os três rapazes estão detidos e aguardam na DP, onde o delegado está a procura de um artigo para enquadrar os jovens, que provavelmente são funcionários do Lava Jato onde estava a viatura da CPT.
Segundo o porta voz da PM-GO, Tenente Coronel Ricardo Mendes, o vídeo e imagens da viatura foram encaminhados para a corregedoria da policia militar, onde serão analisados e ao final da investigação, se for necessário, devem ser tomadas medidas disciplinares e administrativas para os oficiais da CPT que deixaram a “Barca” no Lava Jato.

VEJA O VÍDEO:




Apesar da brincadeira dos garotos ter repercutido nas redes sociais, inclusive em páginas não oficiais sobre a PM, o ato não configura nenhum delito grave e logo após prestarem depoimento na DP de Jataí, os três rapazes foram liberados. Antes de saírem da delegacia, os jovens tiveram que gravar um novo vídeo, onde aparecem enfileirados um ao lado do outro pedindo desculpas aos “homens de preto” como se referem aos policiais da CPT, além de pedir desculpas a todos policiais do estado de Goiás.

Alega o prefeito José Carlos Soave sobre impasse na criação de cargos; anteontem, mais dois foram vetados na Câmara, inclusive de Chefe de Gabinete


Segue o impasse para a criação de cargos na Prefeitura Municipal de Bocaina (69 quilômetros de Bauru). Anteontem, das 10 funções para diretoria apresentadas em projeto de lei, duas foram vetadas por unanimidade durante sessão extraordinária na Câmara dos Vereadores. Entre os postos não aprovados até o de Chefe de Gabinete.

Conforme o JC publicou na semana passada, a pauta já teria sido votada pelo Legislativo, que barrou a aprovação de todos os cargos (diretores de pasta, chefes e assessores) apresentados, alegando que havia diversas irregularidades no projeto. O prefeito José Carlos Soave (PSB) chegou a declarar que a prefeitura estava trabalhando no “improviso”.

Em relação à rejeição dos artigos do projeto que cria cargos pelos vereadores na terça-feira, Soave se mostrou surpreso. Para ele, a readequação no projeto e sugestão de nomes, nomenclatura e referências dos cargos foram elaborados pelo setor jurídico da Câmara, sob anuência dos parlamentares.

“Chefe de Gabinete é uma pessoa que chefia o gabinete. Já o diretor comanda funcionários que fazem outras funções. É diferente. Eu não entendo o que querem e por que vetaram. A prefeitura está travada e isso vem gerando prejuízo para a administração. Vai completar um mês sem direção nenhuma e os vereadores estão preocupados com nomenclatura?”, criticou.

O outro cargo recusado pelo Legislativo foi o de Assessor de Administração Política e Relações Institucionais. De acordo com o presidente da Câmara, Adriano Roberto Baroni (PSB), a função criada apresenta irregularidades na nomenclatura. “Estava com referência de diretor e os vereadores acharam que seria um valor pago muito alto para esse tipo de cargo”, explicou. O salário para os ocupantes das funções será de R$ 3.954,00. 

Já os cargos aprovados foram para diretores de Administração e Finanças; Desenvolvimento Econômico; Desenvolvimento Social; Educação; Esporte; Juventude, Cultura e Turismo; 
Infraestrutura e Mobilidade Urbana; Meio Ambiente e Agricultura; e Saúde.

Recorrer

Diante da recusa de criação de dois cargos, Soave disse que irá recorrer para que sejam implantados. “Tentarei um contrato temporário com advogado para mandar a lei de novo para votação. Está ficando confortável para a Câmara negar as coisas, porque sabem que estou sem setor jurídico para me defender”, criticou.

Em relação às funções aprovadas, ele pretende sancionar a lei e iniciar as contratações até na próxima semana.

Educação

Na segunda-feira (19), a Câmara de Bocaina aprovou, por unanimidade, a criação de 11 cargos de provimento efetivo para atuação nas escolas municipais, já que as aulas se iniciam nos próximos dias. Na ocasião, de acordo com lei n.º 1/15, foram criados cinco funções para diretor de escola, cinco para coordenador pedagógico e uma vaga para supervisor de ensino.
Após investigações, a Polícia Civil de Jaú, através da DIG e Dise, identificou os acusados de roubo ocorrido em uma pizzaria, no Jardim São Francisco, em Jaú (50 quilômetros de Bauru), na noite de de quarta-feira (28).

Luiz Cláudio Vieira Junior, 26 anos, e um adolescente de 17 anos de idade, foram conduzidos à Central de Polícia Judiciária (CPJ) e foram reconhecidos pelas vítimas.

Parte do dinheiro foi apreendida , assim como a motocicleta utilizada pelos ladrões.
Luiz Claudio foi preso em uma residência no bairro Cila Bauab, enquanto o adolescente foi localizado no bairro Vila Maria. As diligências prosseguem para a localização da arma de fogo utilizada no crime.

Luiz Claudio era foragido da Justiça e foi encaminhado para a Cadeia de Barra Bonita.

Responsável por outro roubo é capturado no mesmo bairro

Também foi esclarecido a autoria do roubo a um posto de combustíveis situado no bairro Santa Rosa em Jaú, ocorrido no dia 24 de janeiro de 2015.

Gustavo Matheus Alves Batista Lino, 18 anos, também foi localizado no bairro Cila Bauab e conduzido até a delegacia, onde foi reconhecido pela vítima.

O delegado Edmilson Marcos Bataier solicitou a Prisão Temporária de Gustavo, bem como a custódia de um adolescente junto à Vara da Infância e Juventude.

A Polícia Civil de Jaú pede que se alguma vítima reconheça algum dos autores, que entre em contato com a DIG/Dise de Jaú nos telefones (14) 3622-1174 ou 3621-1399.
 
Divulgação/DIG/Dise
Luiz Cláudio Vieira Junior e Gustavo Matheus Alves Batista Lino foram presos acusados de roubo em Jaú

jcnet

Cinco homens armados com fuzis e carabinas explodiram dois caixas eletrônicos, na madrugada desta sexta-feira (30), no Centro de Lucianópolis (63 quilômetros de Bauru), na região de Marília. Na fuga, eles ainda atiraram contra os policiais militares.
 
Jerônimo Cosme/Jornal da Semana
Bandidos explodiram os caixas eletrônicos com dinamites 
Estima-se que R$ 84 mil, montante que estava nos caixas eletrônicos, foram levados. Cerca de R$ 5 mil em cédulas queimadas foram deixados pelos bandidos próximo ao equipamento explodido.
 
O local foi isolado pela PM até a chegada de um funcionário do banco, que recolheu o dinheiro, que foi posteriormente encaminhado à Delegacia de Lucianópolis.
 
Segundo a Polícia Militar, os caixas tinham sido abastecidos com dinheiro há poucos dias, por conta do pagamento de funcionários de uma cooperativa.
 
No momento da explosão dos equipamentos, que ficam dentro de um posto de combustíveis, PMs faziam patrulhamento de rotina nas imediações e chegaram a cruzar com os assaltantes.
 
Ao avistar a viatura, durante a fuga, os criminosos disparam ao menos cinco tiros contra a viatura, que não chegou a ser atingida, segundo informou a corporação militar. Os projéteis acertaram um barranco que estava próximo. Nenhum policial ficou ferido. No chão foram encontradas cápsulas de carabina.
 
De acordo com a Polícia Civil, os caixas foram explodidos com bananas de dinamite. Nenhum artefato foi encontrado no local, pois todos os explosivos foram detonados durante a ação. Na rua onde houve a explosão, há pelo menos quatro marcas de tiros de fuzis.
 
O crime ocorreu por volta de 1h30 da manhã. Ainda não há pistas dos criminosos, que fugiram em uma Hilux preta, sentido Ubirajara. O caso é investigado.
 
Jerônimo Cosme/Jornal da Semana
Nenhum artefato foi encontrado no local, pois todos os explosivos foram detonados durante a ação do roubo

Reprodução/Internet
De acordo com o governo federal, a maior responsabilidade
da crise hídrica que afeta São Paulo é do governo do Estado
O ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, participa de reunião com a presidente Dilma Rousseff e com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, no Palácio do Planalto. O Broadcast informou que o objetivo de Dilma é conhecer as medidas emergenciais que Alckmin está tomando para amenizar o problema da falta de água no Estado e oferecer ajuda do governo federal.

Diagnóstico feito pelo governo federal aponta que grande parte da responsabilidade da crise hídrica que afeta São Paulo é do governo do Estado, que recebeu vários alertas do risco de colapso, mas evitou tomar medidas drásticas, como o racionamento por causa do período eleitoral. No entanto, o Planalto não pretende incentivar qualquer guerra política, já que o problema não se resume a São Paulo, comandado pelo tucano, e também por temer que este problema possa contaminar o governo federal, embora a distribuição de água seja uma responsabilidade estadual.

Na semana passada, o governo federal decidiu incluir no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) uma obra que promete aumentar a disponibilidade de água no Sistema Cantareira e beneficiar a região metropolitana de São Paulo, que sofre com a escassez de água. O projeto de transposição da bacia do Paraíba do Sul ao Sistema Cantareira tem investimento estimado em R$ 830,5 milhões e será executado pela Sabesp, que distribui água no Estado de São Paulo.

O empreendimento é um dos projetos que o governo de São Paulo apresentou à presidente Dilma Rousseff no fim do ano passado para reforçar o abastecimento de água no Estado. A obra irá integrar as águas da bacia do rio Paraíba do Sul ao Sistema Cantareira através de um canal entre as represas Atibainha, que abastece São Paulo, e o reservatório Jaguari, no Rio de Janeiro.

Reprodução/Internet
Períodos prolongados de dias muito quentes cresceram em mais de 200 áreas urbanas de todos os continentes entre 1973 e 2012
As áreas urbanas de todo o mundo tiveram consideráveis aumentos das ondas de calor nos últimos 40 anos, de acordo com um novo estudo publicado nesta sexta-feira (30). Períodos prolongados de dias extremamente quentes cresceram em mais de 200 áreas urbanas de todos os continentes entre 1973 e 2012, intensificando-se nos últimos anos.

A pesquisa, que teve seus resultados publicados na revista científica Environmental Research Letters, mostra que no mesmo período, mais da metade das áreas estudadas mostraram um aumento significativo do número de dias extremamente quentes isolados. Em quase dois terços dos casos, houve também aumento importante das noites extremamente quentes.

As ondas de calor, na definição dos pesquisadores, são períodos em que, por seis ou mais dias consecutivos, a temperatura máxima diária é maior que em 99% dos dias entre 1973 e 2012.

De acordo com os autores, o estudo foi o primeiro dedicado exclusivamente aos eventos climáticos extremos em escala global e a examinar disparidades entre áreas urbanas e não urbanas. A equipe inclui cientistas do Instituto Indiano de Tecnologia (IIT) Gandhinagar e da Universidade Northeastern, da Universidade Califórnia em Los Angeles e da Universidade de Washington (todas dos EUA).

Os pesquisadores trabalharam com registros do Centro Nacional de Dados Climáticos (NCDC, na sigla em inglês), que envolvem observações diárias de índices de chuvas, de temperatura do ar e velocidade do vento.

De acordo com o coordenador do estudo, Vimal Mishra, do IIT, os resultados mostram aumento generalizado das ondas de calor e do número de dias e noites quentes, além de declínio das ondas de frio e dos ventos extremos.

"Mais da metade da população mundial vive hoje em áreas urbanas. Por isso é especialmente importante entender como o clima e os extremos climáticos, em particular, estão mudando nessas áreas", disse Mishra.

O pesquisador considera surpreendente que existam tão poucos estudos com foco nas mudanças climáticas extremas nas cidades. "As áreas urbanas correspondem a uma parte relativamente pequena da área terrestre do planeta e são centros de riqueza, de modo que danos à infraestrutura urbana poderiam resultar em imensas perdas econômicas", declarou.

No estudo, os cientistas identificaram mais de 650 áreas urbanas do planeta com populações acima de 250 mil habitantes e, depois, selecionaram 217 cidades, usando como critério a proximidade com as estações mantidas pelo NCDC e a disponibilidade de registros climáticos completos.

A maior parte das 217 estações com registros completos do período entre 1973 e 2012 se situa em aeroportos próximos de áreas urbanas. Depois de obter os dados, os cientistas identificaram extremos de temperatura, chuvas e vento e calcularam as ondas de calor, ondas de frio e a ocorrência de dias e noites isoladas de calor extremo.

Os resultados mostraram que houve aumento estatístico significativo no número de ondas de calor por área urbana nas últimas quatro décadas. Dos cinco anos que tiveram o maior número de ondas de calor, quatro ocorreram nesta década: 2009, 2010, 2011 e 2012.

Os resultados também mostraram um declínio geral das ondas de frio. Cerca de 60% das áreas urbanas tiveram um declínio considerável dos dias com ventos extremos. Cerca de 17% das áreas urbanas tiveram aumento das chuvas extremas e aproximadamente 10% delas tiveram aumento do máximo anual de precipitação.


'Poderia ter se machucado mais', diz especialista do hospital de Bauru.
Garoto de 13 anos recebeu alta e deverá ficar sem sequelas graves.

Ana Carolina Levorato
Menino está internado na ala de queimados de hospital (Foto: Firmina da Silva/Arquivo Pessoal)Menino sofreu diversas lesões no rosto
(Foto: Firmina da Silva/Arquivo Pessoal)
O adolescente de 13 anos que sofreuqueimaduras de segundo grau depois de fazer uma experiência em casa poderia ter ficado com sequelas graves, segundo a médica que o atendeu no Hospital de Base em Bauru (SP).
"Ele poderia ter se machucado muito mais, mas por sorte, as queimaduras foram superficiais e ele ficará com poucas marcas da explosão. Ele vai precisar cuidados por um tempo e poderá ter algumas manchas no rosto", diz a coordenadora da ala de queimados do hospital, Cristiane Rocha.
O menino, que teve alta na quinta-feira (29), foi hospitalizado no fim de semana, depois de tentar fazer uma bomba de fumaça seguindo uma receita que encontrou na internet. Na experiência, ele acendeu o fogão e misturou em uma panela açúcar, salitre e bicarbonato de sódio. No entanto, a panela explodiu e o menino foi atingido.
O adolescente foi levado ao hospital com queimaduras no rosto e nas mãos. “Eu estava indo tomar banho quando ouvi a explosão na cozinha. Ele me chamou e eu não sabia o que fazer. Os vizinhos que vieram socorrer porque ele dizia que não conseguia enxergar”, lembra a avó, Firmina Soares da Silva.
Segundo a médica, a maioria das lesões da explosão se concentrou no rosto, mas não prejudicou a visão do menino. "Diversos exames foram feitos para verificar danos no globo ocular, já que ele chegou reclamando que não conseguia abrir os olhos, mas – novamente, por sorte, nada foi afetado", explica Cristiane.
O menino recebeu alta e foi levado para a casa da família, mas ainda precisará de acompanhamento médico. "Ele deverá seguir um esquema constante de hidratação do rosto e das mãos. Além disso, deve seguir todas as orientações do oftalmologista e não deverá tomar sol em um período de três meses", ressalta a coordenadora do setor de queimados do hospital.
O menino agora em casa fica o tempo todo jogando o videogame que ganhou de uma parente. "Ele vai ter vida normal e vai voltar para a escola normalmente. No hospital disseram que ele precisa fazer exercícios com a mão machucada e o videogame será bem útil neste processo de recuperação", diz Marcos. Vida normal
O tio do adolescente, Marcos Augusto de Freitas, afirma que conversou com o sobrinho e conta que ele se lembra do momento da explosão. "Ele está bem e se lembra do momento quando tudo aconteceu e também se recorda de ter chamado a avó.”
Menino misturou vários componentes químicos (Foto: Reprodução/TV TEM)Menino misturou vários componentes químicos
(Foto: Reprodução/TV TEM)
Efeito químico
Segundo um professor de química de uma universidade de Bauru, a mistura de salitre, açúcar e bicarbonato de sódio leva a uma combinação explosiva. “A mistura desses componentes gera uma reação em cadeia com uma grande quantidade de calor, o que é realmente explosivo”, explica Herbert Duchatsch Johansen.
O especialista afirma ainda que outros produtos utilizados pelas donas de casa também precisam ficar bem longe das crianças pra evitar acidentes. “Entre eles estão o permanganato de potássio, que é utilizado para curar feridas da catapora e também glicerina, que algumas pessoas têm em casa. A mistura desses componentes gera uma reação incompatível e inflamável. Também a soda cáustica, que em solução gasosa queima as vias nasais”, afirma Herbert.
O Corpo de Bombeiros também alerta os pais com relação às experiências que são ensinadas na escola e também na internet podem apresentar risco quando feitas em casa. “As crianças tentam repetir a experiência dentro da casa e sem a orientação de adulto. Para que tudo ocorra em segurança, é essencial o acompanhamento de um adulto” , ressalta o tenente dos bombeiros, Eduardo de Souza Costa.
Adolescente foi internado com queimaduras em uma das mãos (Foto: Firmina da Silva/Arquivo Pessoal)Adolescente foi internado com queimaduras em uma das mãos (Foto: Firmina da Silva/Arquivo Pessoal)

Adolescente está bem depois de sofrer queimaduras (Foto: Arquivo pessoal / Marcos Augusto de Freitas)Adolescente está bem depois de sofrer queimaduras (Foto: Arquivo pessoal / Marcos Augusto de Freitas)


Segundo o jornal 'Jakarta Post', brasileiro Rodrigo Gularte estaria na lista.
Autoridades não confirmaram data, mas imprensa local fala em fevereiro.

Do G1, em São Paulo
Rodrigo Gularte (Foto: Reprodução/RPC)O brasileiro Rodrigo Gularte (Foto: Reprodução/
RPC)
O governo da Indonésia revelou ter colocado em andamento um plano para executar outros 11 presos no corredor da morte do país, informa o jornal “Jakarta Post”. Segundo a imprensa indonésia, o brasileiro Rodrigo Gularte, de 42 anos, condenado por tráfico de drogas, estaria na lista. As autoridades locais não divulgaram a lista com os nomes dos presos que serão executados.
Gularte, de 42 anos, foi condenado à pena máxima em 2005 por ingressar na Indonésia com seis quilos de cocaína escondidos em pranchas de surf.
O procurador-geral do país, Muhammad Prasetyo, disse a uma comissão do Parlamento na quarta-feira (28) que seu escritório está trabalhando com possíveis datas e também locais para que as penas sejam cumpridas.
Prasetyo apenas informou que as execuções devem ocorrer na ilha isolada de Nusakambangan, considerada um “local ideal”, devido a medidas de segurança.
Segundo o “Jakarta Post”, as execuções devem ser realizadas no mês de fevereiro. A procuradoria-geral, entretanto, não deu nenhuma indicação sobre a data do cumprimento das penas.Após a reunião, ele disse à imprensa local que a execução deve incluir também dois australianos no corredor da morte.
“Não foi tomada nenhuma decisão sobre quando as execuções serão feitas”, disse Tony Spontana, porta-voz da procuradoria. Ele apenas confirmou que 11 pessoas estão na lista para serem executadas, e afirmou que elas tiveram seus pedidos de clemência rejeitados no ano passado. “Das 11 pessoas, oito foram condenados por tráfico de drogas”, afirmou.
O porta-voz afirmou que a procuradoria não irá divulgar os nomes da lista. Entretanto, o “Jakarta Post” disse que ela inclui o brasileiro Rodrigo Gularte, dois australianos, quatro indonésios, uma filipina, um francês, um ganês e um espanhol.
Clemência
Apesar da rejeição do pedido de clemência, feito em 2012 e que é previsto no processo, a defesa do brasileiro ainda mantém a esperança de que Jacarta reconsidere sua decisão por razões médicas.
A família de Gularte alega que ele foi diagnosticado com um quadro de esquizofrenia e tenta reverter a pena com a transferência dele para um hospital psiquiátrico, como prevê a lei indonésia. Clarisse Gularte, mãe de Rodrigo, contou que ele está 'totalmente transformado' e 15 quilos mais magro. Ela visitou o filho em agosto do ano passado.
A diplomacia brasileira indicou que pretende seguir trabalhando até "esgotar todas as possibilidades de comutação da pena de Rodrigo Gularte permitidas pelo ordenamento jurídico da Indonésia".
A embaixada do Brasil em Jacarta disse não ter recebido nenhuma notificação oficial sobre a execução. O governo brasileiro fez um pedido de internação de Gularte, que ainda está em tramitação - o governo da Indonésia ainda não deu nenhuma resposta.
No dia 18 de janeiro, a Indonésia fuzilou seis condenados por tráfico de drogas, entre eles o brasileiro Marco Archer Cardoso. Após o fuzilamento, a presidente Dilma Rousseff - que tentou em vão salvar a vida dele - chamou para consultas o embaixador brasileiro em Jacarta para manifestar seu repúdio à execução. O corpo de Marco Archer foi cremado na Indonésia.

Ultimas Notícias

Loading...