Últimas Notícias

Compartilhe

Paraíba comemora Semana Mundial do Aleitamento Materno“Amamentar Hoje é Pensar no Futuro” é tema da XX Semana Mundial de Aleitamento Materno, que será comemorada no período de 1º a 7 de agosto. Uma mesa redonda sobre o tema “Planejando o Incentivo do Aleitamento Materno como estratégia de fortalecimento da saúde da criança”, às 8h, deste 1º de agosto, no auditório do Hospital Universitário Lauro Wanderley (HU), abre o evento em João Pessoa.

Com 22 serviços oferecidos à sociedade e voltados à promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno, a Rede Paraibana de Bancos de Leite Humano ocupa o primeiro lugar na Região Nordeste. A rede também conta com o maior número de Postos de Coleta de Leite Humano (PCLH) do Nordeste, contabilizando 16 postos, seguido do Ceará com cinco, Rio Grande do Norte com quatro e Pernambuco com apenas três.

A diretora do Centro Estadual de Referência para Bancos de Leite Humano Anita Cabral, (CERBLHANC), Thais Ribeiro, explicou que a unidade de saúde responde pelas políticas de bancos de leite humano do Estado desde 2004 e caracteriza-se por desempenhar funções comuns aos Bancos de Leite; implementar as ações estratégicas definidas pela política pública para sua área de abrangência, treinar, orientar e capacitar recursos humanos, desenvolver pesquisas operacionais, prestar consultoria técnica e dispor de um laboratório credenciado pelo Ministério da Saúde. O Centro também executa a coleta do excedente de produção láctea da nutriz, seu processamento, controle de qualidade e distribuição aos recém – nascidos prematuros e com baixo peso no Estado.

O CERBLHANC trabalha dentro do Estado prestando a assistência aos Bancos de Leite e aos Postos de Coleta. Atualmente a Paraíba conta com seis Bancos de Leite Humano (BLH), sendo dois em João Pessoa, um em Campina Grande, Guarabira, Patos e Cajazeiras. O Centro conta ainda com 16 Postos de Coleta de Leite Humano (PCLH), sendo cinco em João Pessoa, três em Campina Grande, dois em Santa Rita, um em Itabaiana, Guarabira, Solânea, Santa Luzia, Sousa, e Bonito de Santa Fé.

Thais Ribeiro informou que o CERBLHANC realiza durante todo o ano eventos comemorativos favorecendo a Política Pública do Aleitamento Materno e Doação de Leite Humano e nessa perspectiva vem alcançando resultados significativos frente à Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano em relação ao volume de leite coletado, número de receptores e número de doadoras de leite humano com relação a anos anteriores.

Também são realizadas capacitações, encontros, visitas técnicas e reuniões com a rede acompanhando de perto o trabalho e estimulando os profissionais para a prática do incentivo ao aleitamento materno, somando-se a isso tem as parcerias que são firmadas com instituições públicas e privadas, a exemplo de empresas, escolas, hospitais e clínicas, rede hoteleira e unidades básicas de saúde e demais segmentos focados em responsabilidade social como Rotary Club, Pastoral da Criança e Nós Podemos Paraíba.

Outras conquistas: - Superação do volume de leite coletado: 2010 – 4.701,9 litros 2011 – 5.640,1 litros Janeiro a junho de 2012 – 2.343,0 litros - Superação do número de receptores beneficiados com leite humano: 2010 – 4.996 receptores 2011- 5.898 receptores Janeiro a junho de 2012 – 3.075 receptores Superação do número de doadoras de leite humano: 2010 – 4.489 doadoras 2011 – 5.377 doadoras Janeiro a junho de 2012 – 2.124 doadoras

Semana – A Semana Mundial é considerada como veículo para promoção da amamentação. Ocorre em 120 Países e, oficialmente, é celebrada de 1 a 7 de agosto. A cada ano é definido um tema a ser trabalhado na Semana, mas a data e o tema podem ser adaptados em cada País, a fim de que sejam obtidos mais e melhores resultados do evento.

No Brasil, o Ministério da Saúde coordena a Semana Mundial de Aleitamento Materno desde 1999. Sendo responsável pela adaptação do tema para o nosso País e elaboração e distribuição de cartaz e folder. Tem o apoio de Organismos Internacionais, Secretarias de Saúde Estaduais e Municipais, Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano, Hospitais Amigos da Criança, Sociedades de Classe e ONGs.

Programação alusiva a XX Semana Mundial de Aleitamento Materno em João Pessoa: Dia 1º 8h: Mesa redonda com o tema: “Planejando o Incentivo do Aleitamento Materno como estratégia de fortalecimento da Saúde da Criança”. Local: Auditório do Hospital Universitário Lauro Wanderley (HU). Responsáveis: SES/PB; SPP; CERBHLANC. 10h e 15h:- Promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno – Exposição e Panfletagem do tema. Local: Caixa Econômica Federal - (Agência Cabo Branco) Responsável: CERBLHANC.

Dia 2 9h: Benção do Arcebispo Dom Aldo Pagotto à Rede Paraibana de Bancos de Leite Humano e Apoio da Comunidade Católica ao Aleitamento Materno. Local: Centro de Referência para Bancos de Leite Humano Anita Cabral. Responsáveis: CERBLHANC e Maternidade Frei Damião. 10h e 15h: – Promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno – Exposição e Panfletagem do tema. Local: Caixa Econômica Federal – (Agência Cabo Branco) Responsável: CERBLHANC.

Dia 3 9h: Atividade de Incentivo em Aleitamento Materno no Centro de Reeducação Feminino Maria Júlia Maranhão (CRFMJM). Local: CRFMJM. Responsável: CERBLHANC e CRFMJM. 10h e 15h: – Promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno – Exposição e Panfletagem do tema. Local: Caixa Econômica Federal (Ag. Cabo Branco). Responsável: CERBLHANC. 14h e 16h: – Entrega de folders e palestra educativa nos alojamento para puérperas internas, com a participação do grupo Sorriso Aberto. Local: Maternidade Frei Damião Responsáveis: CERBLHANC e Maternidade Frei Damião.

Dias 4 e 5 Atividades nos Hospitais Amigo da Criança (HAC).

Dia 6 14h: Reunião com os Hospitais Amigo da Criança, com o tema: “Resgate da valorização da IHAC: planejando um novo paradigma de assistência nos HAC”. Local: CEREST. Responsáveis: SES/PB; CERBHLANC.

Dia 7 8h: Mesa redonda com o tema: “Rede Cegonha – recorte da Política Pública como estratégia de fortalecimento para o Aleitamento Materno e Redução da Mortalidade Infantil”. Local: Auditório UNIPÊ. Responsáveis: Observatório do Milênio; SES/PB; CERBLHANC.

Durante toda a semana em vários municípios a exemplo de Itabaiana, Campina Grande, Galante, Sousa e Cajazeiras onde existem bancos de leite e postos de coletas também será realizada uma programação especial alusiva à data.

SecomPB
Um novo vírus da gripe aviária está a causar pneumonias mortais em focas bebés da costa nordeste dos Estados Unidos e poderá ameaçar os humanos, revela um estudo norte-americano divulgado esta terça-feira.
 
foto arquivo jn
Novo vírus da gripe aviária mata focas bebés
Novo vírus causou pneumonias mortais
 
Este novo vírus, batizado como H3N8, causou a morte a 162 focas, a maioria com menos de seis meses, nas costas norte-americanas, no ano passado, de acordo com o estudo divulgado pela mBio, um jornal da Sociedade Americana de Microbiologia.
Para já, não há registo de nenhum caso humano, mas os cientistas da Universidade de Columbia, em Nova Iorque, estão preocupados devido aos precedentes de vírus deste tipo que registaram uma mutação capaz de infetar os humanos, como o H5N1.
A nova estirpe tem origem num vírus da gripe aviária que afeta aves selvagens na América do Norte desde 2002 e que com o tempo sofreu uma mutação capaz de infetar mamíferos através das suas vias respiratórias.
O vírus H5N1 permanece relativamente raro e já matou quase metade das pessoas infetadas desde a primeira pandemia, que surgiu em Hong Kong em 1997.
A Organização Mundial de Saúde contabilizou 606 casos humanos de gripe aviária desde 2003, dos quais 357 foram mortais, de acordo com um relatório de junho.
Propaganda Irregular continua solta no Distrito de Rubião Junior
Mesmo sabendo os locais onde não podem fazer propaganda Eleitoral, os candidatos a prefeito e a vereadores da coligação todos juntos para o melhor ou para Botucatu seguir em frente, (não se sabe o que eles querem, já que usam dois nomes para esta coligação).
Mostram que não estão nem aí com as Leis, num total desrespeito as Leis e a Justiça, em passagem pelo Distrito, percebi vários locais Área Publica com propaganda desta coligação.  
O trecho que faz a ligação das Rodovias Antonio Butingnoli e Domingos Sartori, virou palco de propaganda eleitoral, e também na entrada para a UNESP.
As propagandas também existem em outros pontos Publico e comerciais do Distrito.  
Se não respeitam as Leis, como podemos acreditar que nos respeitarão durante o exercício de seus mandatos.
Agora fica a cargo da Justiça Eleitoral, tomar as devidas providências e punir os desobedientes e desrespeitadores das normas Eleitorais.
Bimotor explodiu ao embater no solo (foto LUSA)
A Polícia Civil liberou na noite deste sábado os corpos dos oito tripulantes mortos em um acidente de avião na manhã de hoje em Juiz de Fora (MG). Os ocupantes da aeronave foram carbonizados com a explosão que se seguiu à queda. Eles foram examinados pelos médicos do Posto de Medicina Legal do município, segundo a política, e identificados a partir de características individuais e descrições de familiares.
A aeronave decolou de Belo Horizonte e caiu no bairro Aeroporto de Juiz de Fora, pouco antes das 8h deste sábado. O bimotor explodiu após cair em uma região de difícil acesso, atingindo o quiosque de uma pousada e uma granja. Seis viaturas do Corpo de Bombeiros seguiram para o local. De acordo com a corporação, o piloto teria tentado pousar por três vezes, mas teve problemas devido à neblina.
O bimotor pertencia à empresa Vilma Alimentos, e carregava seu presidente, Domingos Costa, o filho dele e quatro diretores, além do piloto e do copiloto.

Fernando Priamo/Tribuna de Minas
O oitavo corpo da vítima que morreu na explosão de um avião de pequeno porte na manhã deste sábado (28) em Juiz de Fora, na Zona da Mata de Minas Gerais foi encontrado. As vítimas faziam parte da diretoria da empresa Vilma Alimentos e seguiam para a cidade para participar de uma convenção de negócios. 
De acordo com as informações do Corpo de Bombeiros, o acidente aconteceu no bairro Aeroporto. Durante uma tentativa de pouso,  o avião bimotor modelo King Air caiu e explodiu, matando toda a tripulação. Os corpos do presidente Domingos Gosta, vice-presidente Cezar Tavares, piloto, co-piloto e três funcionários foram encontrados.
A empresa ainda não se pronunciou oficialmente sobre o ocorrido.

Judoca do Piauí se igualou a Maurren Maggi, e ambas são únicas campeãs olímpicas do Brasil em modalidades individuais

Marcelo Laguna e Rodrigo Farah - enviados iG a Londres |

O Brasil começou a disputa dos Jogos Olímpicos de maneira épica, no lugar mais alto do pódio. Sarah Menezes deu um show de superação neste sábado e faturou a medalha de ouro cravando o melhor resultado da história do judô feminino. A conquista da atleta do Piauí veio na base da raça, com direito a lágrimas e muita emoção no tatame.

Ainda não chão, brasileira comemora vitória e medalha de ouro no judô

"Esta medalha vai mudar a minha vida. Chegar a esse ponto com 22 anos é sensacional, e eu estou muito contente. Desde que cheguei à Vila Olímpica eu me senti bem e consegui segurar a emoção de participar dos Jogos. Tomara que essa medalha também mude as coisas para todo mundo da minha cidade [Teresina]", declarou a medalhista de ouro.

A adversária da final foi ninguém menos que a campeã olímpica em Pequim Alina Dumitru, da Romênia. Apesar da experiência da oponente, a brasileira de 22 anos subiu no tatame apoiada por um histórico recente extremamente favorável contra a rival, com três vitórias consecutivas. E neste sábado não foi diferente.
Quando o duelo começou, Sarah adotou uma postura mais ofensiva, aplicando os golpes mais perigosos desde o início. A 3min29s do fim, a brasileira encaixou uma chave-de-braço e quase finalizou a romena, que ficou reclamando de dores em seguida.
Veja ainda: Kitadai conquista o bronze e fatura a primeira medalha do Brasil em Londres
Sarah continuou superior até forçar a primeira advertência a Dumitru, sem pontuação. A menos de 1min de luta, Sarah encaixou uma linda técnica de sacrifício e conquistou o yuko. E quando parecia que ela apenas seguraria o resultado, a brasileira voltou a brilhar: conseguiu o wazari nos segundos finais e depois começou a chorar emocionada.
Confira ainda: Com status inédito, mulheres do judô tentam romper novas barreiras
AFP
Emoção de Sarah Menezes com a vitória na final e a conquista o ouro no judô neste sábado
Com a vitória, Sarah Menezes igualou o feito de Maurren Maggi nas Olimpíadas de Pequim 2008. Até este sábado, ela era a única mulher campeã olímpica do Brasil em modalidades individuais.
Não só isso, como a piauiense aliviou a pressão de medalhas do judô – que não faturava um ouro desde Rogério Sampaio em 1992. Apontado como possível carro-chefe do país em Londres, a modalidade tem chances reais de garantir medalha em todos os dias de competição. E isso poderá acontecer caso os outros atletas repitam o mesmo empenho demonstrado por Sarah.
Antes da decisão, ela trilhou um caminho repleto de dificuldades ao longo dos Jogos. Em suas três primeiras lutas, ela superou Ngoc Tu (Vietnã), Laetitia Payet (França) e Shugen Wu (China) apenas com um yuko.
Já na semifinal, a brasileira encarou a belga Charline Van Snick e voltou a triunfar com a menor pontuação do judô, mas em nenhum momento esteve ameaçada pela adversária. Grande dia para o esporte verde-amarelo.

Até que enfim, o DER resolveu recapear os acessos entre as rodovias Antonio Butingnoli e Domingos Sartori.
Depois de vários anos fazendo remendos inadequados que não resolvia o problema, o DER, começou a recapear a rotatória da rodovia Antonio Butingnoli, que dá acesso a UNESP e a ligação com Domingos Sartori as máquinas da empresa terceirizada que presta serviço para o órgão, trabalhou durante o dia de hoje 25/07/2012, recapeando a pista neste trecho, já que a mesma se encontrava em mal estado de conservação.
 Até que em fim, o DER acordou para solucionar um velho problema que os motoristas encontravam neste trecho.




Agora, é só aguardar a propaganda que pode vir por aí, vamos esperar pra ver.



Professores de universidades federais em greve rejeitam por unanimidade proposta do governo

Professores de universidades federais em greve rejeitam por unanimidade proposta do governo
Um balanço do Andes-SN (Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior), divulgado nesta segunda-feira (23), mostra que as assembleias dos professores de universidades federais rejeitaram, por unanimidade, a proposta de reajuste salarial feita pelo governo federal. O sindicato deve apresentar uma contraproposta hoje, durante reunião com o Ministério do Planejamento.

As primeiras a rejeitar foram a Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) e a UFABC (Universidade Federal do ABC), ainda no começo da semana passada.

O texto apresentado pelo governo prevê mudanças no plano de carreira, que entrariam em vigor a partir de 2013, e um aumento salarial que, de acordo com o Planejamento, poderiam chegar a 45,1% para o topo da carreira (professor titular com dedicação exclusiva). A proposta ainda reduz de 17 para 13 os níveis de carreira, uma das reivindicações do movimento grevista.

Na última semana, o Andes-SN criticou o texto, dizendo que o governo faz “um jogo de números maquiados” e que a o reajuste só apresenta ganho real, acima da inflação, para uma classe de professor que representa menos de 10% de toda a categoria.

Um cálculo feito pela economista Fabiana de Felício a pedido do UOL Educação mostrou, também, que professores doutores iniciantes em 2015, ano em que a proposta do governo estaria toda implantada, ganharão praticamente a mesma coisa de um docente com doutorado que inicia a carreira em 2012.

Por sua vez, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, afirmou no dia 17 que não há margem orçamentária para melhorar a proposta de reestruturação da carreira dos professores. “A proposta apresentada pelo governo é quase R$ 4 bilhões [de recursos para custear o plano até 2014]. No momento, em função da crise internacional, a prioridade do governo é usar essa capacidade fiscal para o Brasil crescer e manter o emprego de quem não tem estabilidade", disse.

A greve completou dois meses na semana passada e atinge 58 das 59 universidades federais do país -a única que não aderiu foi a UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte)
CAIXA ENTREGA 211 CASAS DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA EM BOTUCATU Empreendimento beneficiará 211 famílias do interior paulista A Caixa Econômica Federal entregou neste sábado (21), às 10h, 211 unidades habitacionais do empreendimento Residencial Flora Rica, no município de Botucatu (SP). O Residencial foi construído com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e está enquadrado no Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV). Localizado na Rua Nido Vizoto, s/nº, no Conjunto Habitacional Joaquim Vernini, o empreendimento vai beneficiar famílias com renda entre três e seis salários mínimos. O valor total do investimento foi de R$ 15,8 milhões. As residências possuem 45,84 m² divididos em dois quartos, banheiro, sala, cozinha e área de serviço. O valor unitário dos imóveis é de R$ 74,9 mil, que podem ser pagos em até 25 anos. A cerimônia de entrega de chaves contará com a presença de representantes da CAIXA, da construtora e futuros moradores. Serviço: Entrega das casas do Residencial Flora Rica Data: 21/07/2012 Horário: 10h Local: Rua Nido Vizoto, s/nº, Conjunto Habitacional Joaquim Vernini, Botucatu (SP). Leia mais em Imprensa Notícias da CAIXA por e-mail. Cadastre-se aqui. Só para lembrar, o pessoal anda fando que quem contruiu as casas, foi a Prefeitura. alguem está vendo algum valor que a Prefeitura investiu nesta obra? Esse pessoal, tem que se associar com a industria de óleo de peroba porque são muitos cara de pau.
Clipes | 17/07/2012 - 17h08

Assista ao clipe de "Turn Up  the Radio" , single que está no mais recente álbum da diva pop, intitulado ´MDNA`.
Acompanhe a letra da música enquanto assiste ao vídeo:

Turn Up The Radio

When the world starts to get you down
And nothing seems to go your way
And the noise of a maddening crowd
Makes you feel like you're going to go insane

There's a glow of a distant light
Calling you to come outside
To feel the wind in your face and your skin
And it's here I begin my story

Turn up the radio
Turn up the radio
Don't ask me where I wanna go
We gotta turn up the radio

It was time that I opened my eyes
I'm leaving the past behind
Nothing's ever what it seems
Including this time and this crazy dream

I'm stuck like a moth to a flame
I'm so tired of playing this game
I don't know how I got to this stage
Let me out of my cage cause I'm dying

To turn up the radio
Turn up the radio
Don't ask me where I wanna go
We gotta turn up the radio

Turn up the radio
Turn up the radio
Don't ask me where I wanna go
We gotta turn up the radio

I just wanna get in my car
I wanna go fast and I gotta go far
Don't ask me to explain how I feel
Cause I don't wanna say where I'm going

Turn up the noise and turn up the volume
Don't have a choice
Cause the temperature's pounding
If leaving this place is the last thing I do
Then I want to escape
With a person just like you

Buzzing around like a moth to a flame
I'm so sick and tired of playing this game
We gotta have fun if that's all that we do
Gotta shake up the system
And break all the rules
Gotta turn up the radio
Until the speakers blow!

As autoridades de Nova Jersey prenderam um rapaz depois que ele desfilou em público com uma roupa de banho igual ao do personagem "Borat".
O modelito nada discreto goi consagrado pelo personagem interpretado por Sacha Baron Cohen. O "mankini" foi considerado pela polícia atentado ao pudor, de acordo com o "Asbury Park Press".

Segundo o Ministério Público Eleitoral, Serra não apresentou certidões atualizadas sobre duas ações penais. Russomanno deve comprovar que pagou uma multa da Justiça Eleitoral

Agência Estado |

O Ministério Público Eleitoral quer impugnar as candidaturas de José Serra (PSBD) e de Celso Russomanno (PRB) na 1ª Zona Eleitoral de São Paulo. Os pedidos foram apresentados pelo promotor Roberto Senise. A Justiça ainda não decidiu sobre os casos. O prazo da promotoria eleitoral para pedir as impugnações se encerrou na quinta-feira.
Leia também: Para evitar caixa 2, campanhas ‘chutam alto’ e quadruplicam custo da eleição
Segundo o Ministério Público Eleitoral, o ex-governador tucano não exibiu certidões atualizadas sobre duas ações penais em que ele já foi citado. A promotoria quer saber se houve sentença ou se os processos ainda estão em fase de instrução.
O candidato do PSDB afirmou neste sábado que sua candidatura está regularizada e que a impugnação por parte do MPE não é motivo de preocupação. "Isso não preocupa, o processo está regularizado. Nem recebemos notificação. O papel (certidão) já está no processo", explicou Serra.
Com relação a Russomanno, o Ministério Público sustenta que ele não recolheu R$ 5 mil - valor relativo a multa aplicada pela Justiça Eleitoral. A sanção imposta se refere à eleição anterior.
Segundo o Ministério Público Eleitoral, foi requerida ainda a impugnação de quatro candidatos a vice-prefeito e de cerca de 400 candidatos a vereador.
Russomanno afirmou, também via assessoria de imprensa, que a multa citada pelo promotor já foi paga em julho do ano passado. Ele enviou à reportagem cópia dos comprovantes do pagamento a que se refere. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".
Começa a propaganda eleitoral. É permitida a colocação de cavaletes, bonecos, cartazes, mesas para distribuição de material e bandeiras em vias públicas. Esse tipo de propaganda deve ser móvel e não pode dificultar a movimentação de pessoas e veículos. A mobilidade é caracterizada com a permanência do material entre as 6 e as 22 horas.
Os candidatos que concorrem nas eleições de 7 de outubro também podem realizar comícios, usar alto-falantes e fazer propaganda em bens particulares através da fixação de faixas, placas, cartazes, pinturas ou inscrições até o limite de 4m2. O proprietário ou responsável deve autorizar e ceder o imóvel gratuitamente para a propaganda.
Internet
A propaganda pela internet é permitida, desde que seja gratuita. Ela pode ocorrer através de site do candidato, partido ou coligação e o endereço eletrônico deve ser comunicado à Justiça Eleitoral e ser de um provedor estabelecido no país.
Outra opção pela rede mundial de computadores é o uso de mensagens eletrônicas para endereços cadastrados gratuitamente pelo candidato, partido ou coligação. Nesse caso, a mensagem deverá dispor de mecanismo que permita seu descadastramento pelo destinatário, hipótese em que o remetente deverá cumprir em até 48 horas.
Há, ainda, a opção de divulgação de propaganda por meio de blogs, redes sociais, sites de mensagens instantâneas e assemelhados.
Propaganda irregular
São vedadas as pichações, inscrições a tinta, colagem de cartazes, afixação de placas, estandartes, faixas e assemelhados em bens públicos como postes, viadutos, passarelas e pontes, inclusive em tapumes de obras ou prédios públicos. A propaganda também é vedada nos bens de uso comum como cinemas, clubes, lojas, centros comerciais, igrejas, ginásios e estádios, ainda que de propriedade privada. A proibição se estende a árvores e jardins localizados em áreas públicas, mesmo que não lhes cause dano.
São vedadas na campanha eleitoral a confecção, utilização e distribuição, por candidato ou comitê, de camisetas, chaveiros, bonés, canetas, brindes, cestas básicas ou quaisquer outros bens ou materiais que possam proporcionar vantagem ao eleitor. A realização de showmícios ou evento semelhante para a promoção de candidato, bem como a apresentação, remunerada ou não, de artistas com o objetivo de animar comício e reunião eleitoral é proibida. Os outdoors estão proibidos desde as eleições de 2006.
Som
O uso de alto-falantes deve respeitar o horário das 8 às 22 horas e manter distância mínima de 200 metros de hospitais e de escolas, igrejas e teatros quando em funcionamento.
A realização de comícios com aparelhagem de sonorização fixa e trio elétrico, passeatas, carreatas e reuniões públicas é permitida no horário compreendido entre 8 e 24 horas.
Rádio e TV
A propaganda em rádio e TV é restrita ao horário eleitoral gratuito, que começa dia 21 de agosto.
Jornais e revistas
É permitida até 5 de outubro a divulgação paga na imprensa escrita e a reprodução na internet do jornal impresso, de até 10 anúncios de propaganda eleitoral em datas diversas, por veículo, no espaço máximo por edição, para cada candidato, partido ou coligação, de 1/8 de página de jornal padrão e ¼ de página de revista ou tabloide.
Denúncia online
Qualquer cidadão pode denunciar pelo site do TRE www.tre-sp.jus.br irregularidades na propaganda eleitoral realizada em vias públicas, em bens públicos e naqueles a que a população tem pleno acesso, como igrejas, templos, lojas, restaurantes e pontos de ônibus, entre outros.
O serviço não serve para averiguar propagandas veiculadas em rádio, televisão, jornal, revista ou internet, pois a denúncia sobre tais irregularidades somente pode ser feita por candidato, partido, coligação ou pelo Ministério Público. Além disso, elas têm que ser formalizadas diretamente ao juiz eleitoral.
Assessoria de Comunicação Social
12 de julho de 2012 20h02 atualizado às 20h16

Wilder Morais assumirá a vaga de Demóstenes no Senado. Foto: Assessoria de Comunicação da Secretaria de Infraestrutura de Goiás / Divulgação Wilder Morais assumirá a vaga de Demóstenes no Senado
Foto: Assessoria de Comunicação da Secretaria de Infraestrutura de Goiás / Divulgação
O líder do PT no Senado, Walter Pinheiro (BA), disse nesta quinta-feira que espera que Wilder Morais (DEM-GO), suplente do senador cassado Demóstenes Torres, explique sua relação com o bicheiro Carlinhos Cachoeira ao tomar posse. Wilder é acusado de ter sido colocado no cargo pelo contraventor. Segundo áudios gravados pela Polícia Federal, citados pelo jornal Folha de S. Paulo, em sete conversas com Cachoeira, o suplente chama o bicheiro de "Vossa Excelência".

 
"Além de ter obrigação com o eleitorado de Goiás, ele tem obrigação agora com o Brasil, já que ele vai virar senador da República. Seria fundamental que ele explique, ou até afirme aqui, do ponto de vista da sua defesa, para não ser acusado de que está sendo adjetivado, sem ter a oportunidade de se expressar", disse Pinheiro.
O senador Randolfe Rodrigues (Psol-AP), autor da representação que desencadeou a cassação de Demóstenes, também pretende aguardar a explicação de Wilder na tribuna do Senado. Segundo a assessoria do senador, caso o suplente não se manifeste, Randolfe poderá tomar providências, como uma possível ação de convocação para Wilder depor na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Cachoeira.
Para Pinheiro, a convocação na comissão também depende das explicações que o suplente dará ao tomar posse. "Para não cometer nenhum equívoco, o correto é esperar a chegada do suplente. Qualquer suspeição, qualquer relação, a obrigação nossa é promover a apuração", disse.
Engenheiro de 44 anos, Wilder Morais ocupa pela primeira vez um cargo público: desde 2011, é secretário de Infraestrutura do Estado de Goiás, função para o qual foi convidado pessoalmente pelo governador Marconi Perillo (PSDB). O suplente também é ex-marido da atual mulher do bicheiro Carlinhos Cachoeira, Andressa Mendonça.
Respeitado e influente no meio empresarial, Wilder foi convidado em 2009, por Demóstenes Torres, para ser seu suplente na campanha do ano seguinte. Aceitando o convite pela admiração que sentia pelo senador, o empresário começou a participar do processo eleitoral, de forma ativa: pediu votos, distribuiu folhetos e teria sido também um dos principais doadores da campanha.
Carlinhos Cachoeira
Acusado de comandar a exploração do jogo ilegal em Goiás, Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, foi preso na Operação Monte Carlo, da Polícia Federal, em 29 de fevereiro de 2012, oito anos após a divulgação de um vídeo em que Waldomiro Diniz, assessor do então ministro da Casa Civil, José Dirceu, lhe pedia propina. O escândalo culminou na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Bingos e na revelação do suposto esquema de pagamento de parlamentares que ficou conhecido como mensalão.
Escutas telefônicas realizadas durante a investigação da PF apontaram diversos contatos entre Cachoeira e o senador Demóstenes Torres (GO), então líder do DEM no Senado. Ele reagiu dizendo que a violação do seu sigilo telefônico não havia obedecido a critérios legais, confirmou amizade com o bicheiro, mas negou conhecimento e envolvimento nos negócios ilegais de Cachoeira. As denúncias levaram o Psol a representar contra Demóstenes no Conselho de Ética e o DEM a abrir processo para expulsar o senador. O goiano se antecipou e pediu desfiliação da legenda.
Com o vazamento de informações do inquérito, as denúncias começaram a atingir outros políticos, agentes públicos e empresas, o que culminou na abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) mista do Cachoeira. O colegiado ouviu os governadores Agnelo Queiroz (PT), do Distrito Federal, e Marconi Perillo (PSDB), de Goiás, que negaram envolvimento com o grupo do bicheiro. O governador Sérgio Cabral (PMDB), do Rio de Janeiro, escapou de ser convocado. Ele é amigo do empreiteiro Fernando Cavendish, dono da Delta, apontada como parte do esquema de Cachoeira e maior recebedora de recursos do governo federal nos últimos três anos.
Demóstenes passou por processo de cassação por quebra de decoro parlamentar no Conselho de Ética da Casa. Em 11 de julho, o plenário do Senado aprovou, por 56 votos a favor, 19 contra e cinco abstenções, a perda de mandato do goiano. Ele foi o segundo senador cassado pelo voto dos colegas na história do Senado.

Paulo Bernardo diz que empresa terá de assinar termo de compromisso na Anatel

12/07/2012 18:04
Foto: Divulgação
Paulo Bernardo
Paulo Bernardo
Diante das constantes reclamações de usuários aos órgãos de defesa do consumidor, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, ameaçou ontem a TIM com uma possível suspensão de venda de novos planos de telefonia móvel, caso a operadora não acelere os investimentos em suas redes para melhorar a qualidade do serviço em algumas regiões do País.
Segundo o ministro, "em seis ou sete Estados" o serviço da operadora está muito aquém do ideal. "Ou a TIM investe e melhora o serviço, ou vamos proibir a venda de novos planos. Vamos ter de assinar um termo de compromisso com a companhia, na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel)", completou o ministro, após ser questionado sobre a insatisfação dos clientes das empresas de telefonia do País durante café da manhã com integrantes da Confederação Nacional dos Jovens Empresários (Conaje).
Por meio de nota, a TIM alegou desconhecer a informação sobre a assinatura do termo junto à Anatel e destacou que o acompanhamento da prestação do serviço é uma prática rotineira da agência junto às empresas do setor. "A operadora está à disposição do órgão regulador para tratar de eventuais deficiências suscetíveis à rede de uma operadora móvel", afirmou o documento.
Reclamações. Essa não é a primeira vez que o ministro reclama da TIM. As primeiras críticas aconteceram em junho do ano passado, depois que o serviço de internet da Intelig - controlada pela companhia de capital italiano - apresentou três panes em menos de um mês.
Após isso, Bernardo voltou a criticar a empresa que, segundo ele, provavelmente não esperava um crescimento tão expressivo nos últimos dois anos. "Acho que empresas como a TIM não se prepararam para o crescimento do mercado, e acho que o governo também não preparou e exigiu padrões de qualidade antes", disse o ministro em maio deste ano.
Ontem, Paulo Bernardo argumentou que o modelo de privatização das telecomunicações no País funciona bem, mas reconheceu a existência de "vários defeitos". Bernardo citou o fato da telefonia móvel não ser um serviço em regime público, o que dificulta ao Estado impor metas para as companhias. Ele lembrou, no entanto, que os editais de licitação do sistema de telefonia de terceira e quarta gerações (3G e 4G) possibilitaram ao governo cobrar maior cobertura e qualidade nesses serviços.
BERLIM — O atacante peruano Paolo Guerrero foi liberado pelo Hamburgo para ser contratado pelo Corinthians, informou o clube alemão.
O jogador de 28 anos chegou em São Paulo na manhã desta quarta-feira e será submetido a uma série de exames médicos antes de assinar seu vínculo oficial com o clube paulista. Os valores da negociação não foram revelados, mas o atacante deve assinar um contrato de três anos com o Timão.
Revelado nas categorias de base do Alianza Lima, Guerrero chegou ao Hamburgo em 2006 após ter passado duas temporadas no Bayern de Munique.
O peruano ainda tinha dois anos de contrato com o time do norte da Alemanha, com o qual marcou 51 gols em 183 partidas.
Ele vestiu a camisa da seleção peruana em 35 oportunidades, marcando 17 gols, e ainda foi artilheiro da última Copa América ao balançar as redes cinco vezes.
Atacante de área, Guerrero tem o perfil procurado pelo técnico Tite, que pediu o reforço de um jogador para fazer o pivô nas jogadas ofensivas.
De acordo com o Hamburgo, um dos motivos que levaram o peruano a deixar o clube alemão foi a perspectiva de disputar o Mundial de Clubes com o Timão em dezembro.
Sem problemas legais para assumir a função da qual está licenciado, advogado garante que ex-senador quer retomar “a vida normal”


Demóstenes
Cassado na tarde desta quarta-feira (11), Demóstenes sequer esperou o pronunciamento do presidente do Senado, José Sarney, para deixar a Casa

 
O ex-senador Demóstenes Torres quer voltar à Procuradoria do Estado de Goiás, onde é procurador licenciado. Segundo o advogado de Demóstenes, Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, ele tem condições legais de reassumir a sua função no Ministério Público.

- Ele deve assumir a função de procurador, imediatamente. Ele vai tocar a vida dele.

Demóstenes entrou para o Ministério Público em 1983. Segundo Kakay, por sua condição de procurador, segue tendo foro privilegiado. O processo corre agora no Tribunal de Justiça, mas Kakay confirma que a reclamação feita pela defesa ao STF (Supremo Tribunal Federal) por usurpação da competência da Corte, segue no Supremo.
Demonstrando confiança, Kakay assume que, a partir de agora, a defesa de Demóstenes “ficou fácil”, porque o ex-senador será julgado distante da esfera política, o que, na visão do advogado, elimina eventuais interesses que não os jurídicos.

- Agora ficou fácil, [porque] é a nossa área. Vamos seguir o inquérito normalmente. Ele [o julgamento] tem pressões políticas, tem interferências que não são jurídicas. Então [agora] voltemos à normalidade.
Cassação
Demóstenes Torres foi cassado na tarde desta quarta-feira (11), por 56 votos a 19 (e cinco abstenções), por quebra de decoro parlamentar. A cassação deixa o parlamentar inelegível até 2027.
O ex-senador foi acusado de quebra de decoro parlamentar por ter atuado em favor do bicheiro Carlinhos Cachoeira no Congresso Nacional. Demóstenes é suspeito de participar de um suposto esquema de exploração de jogos ilegais, como o jogo do bicho e máquinas caça-níqueis, que seria comandado pelo contraventor no Distrito Federal e em Goiás.

Acompanhado por Kakay, Demóstenes sequer esperou a proclamação de José Sarney (PMDB-AP), presidente do Senado, sobre o resultado da votação que o cassou. O ex-senador se levantou e foi embora do Senado sem dar entrevistas.

Cerca de 6.000 fiéis acompanharam desde ontem o velório do cardeal na Catedral Metropolitana

11/07/2012 17:22

Foto: Folhapress
Corpo de D. Eugenio Sales foi sepultado na Catedral Metropolitana do Rio

O corpo do cardeal arcebispo emérito do Rio, dom Eugenio Sales, foi enterrado na tarde desta quarta-feira (11), na Catedral Metropolitana do Rio de Janeiro.
Dom Eugenio de Araújo Sales, 91, morreu de infarto às 22h30 de segunda-feira, enquanto dormia em sua casa no alto do Sumaré, zona norte do Rio.
Pouco antes, às 18h30, havia jantado, conversado e ido para seu quarto. Um ruído chamou a atenção dos acompanhantes, que entraram no cômodo e o encontraram morto.
Um dos mais influentes cardeais do Vaticano, dom Eugenio comandou a Arquidiocese do Rio ao longo de 30 anos (1971-2001).
No período, criou pastorais --grupos compostos por religiosos e leigos para atuar em áreas como atendimento a menores, entre outros--, idealizou a Campanha da Fraternidade e ajudou perseguidos políticos a sair do país, apesar de manter boas relações com o regime militar.
Defensor das tradições da Igreja Católica, foi um dos responsáveis pela derrocada da Teologia da Libertação, linha de pensamento que buscava unir princípios do catolicismo ao marxismo, no início dos anos 1980.
Ao lado do então cardeal Joseph Ratzinger, o atual papa Bento 16, ele impôs ao frei Leonardo Boff, defensor da corrente progressista, o chamado silêncio obsequioso --o impedimento de pregar.
"[Ele] Ensinou a todos o caminho da verdade na caridade e no serviço à comunidade, dando sempre maior atenção aos necessitados", disse, em nota, o papa Bento 16.
Também em nota, a presidente Dilma Rousseff destacou a "preocupação social" associada a sua trajetória.
Cerca de 6.000 fiéis acompanham ontem o velório do cardeal. Durante a chegada do corpo à Catedral Metropolitana do Rio, uma cena surpreendeu aqueles que acompanhavam a cerimônia.
Uma pomba branca, solta por um voluntário da Cruz Vermelha, pousou sobre o caixão, depois desceu e ficou durante toda a tarde aos pés do corpo, enquanto os fiéis se despediam do religioso. Para os católicos, a pomba branca é o símbolo do Espírito Santo. 

Plenário entendeu que senador quebrou o decoro parlamentar por manter relações estreitas com o contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira



O plenário do Senado Federal decidiu nesta quarta-feira, em votação secreta, pela cassação do senador Demóstenes Torres (ex-DEM-GO). Por 56 votos a 19, os parlamentares entenderam que o senador goiano quebrou o decoro parlamentar ao manter relações estreitas com o contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, que está preso desde fevereiro sob suspeita de comandar um esquema de jogos ilegais. Cinco senadores se abstiveram e um se ausentou.
Essa é a segunda vez que um senador é cassado na história do País. Antes de Demóstenes, o senador Luiz Estevão, do Distrito Federal, em 2000, teve seu mandato cassado pelo envolvimento no desvio de verbas na construção do prédio do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo.

Agência Brasil
O senador Demóstenes Torres foi alvo de processo no Conselho de Ética por quebra de decoro parlamentar



Com a decisão do Senado, Demóstenes Torres fica inelegível até fevereiro de 2027, de acordo com a Lei da Ficha Limpa - da qual o senador foi relator na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. Ele só poderá concorrer a cargos públicos, portanto, em 2028.
Acusação
Na abertura da sessão desta quarta-feira, o relator do processo no Conselho de Ética, o senador Humberto Costa (PT-PE), e o relator da matéria na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), Pedro Taques (PDT-MT), tiveram mais tempo e falaram por 20 minutos cada.
Em sua fala, Costa contestou uma das frases que Demóstenes usou em sua defesa na tribuna nos últimos dias: "Mentir não é quebrar o decoro parlamentar". "Não é normal nem aceitável que se possa mentir ao Parlamento e à sociedade brasileira", afirmou o relator.

Costa também questionou a afirmação de Demóstenes, que disse não saber nada sobre os negócios ilegais de Cachoeira, embora fosse amigo do bicheiro. “A CPI dos Bingos indiciou Cachoeira por seis crimes (...) como alguém da intimidade desse cidadão não poderia saber de suas atividades criminosas? (...) se houve uma CPI que foi de conhecimento de todo o Brasil, que amigo é esse que não procurou saber por que o amigo foi indiciado por seis crimes?", disse.
Em sua vez, Taques ressaltou que o rito legal foi respeitado e que Demóstenes teve ampla chance de defesa durante o processo. "O senador adotou conduta incompatível com o decoro parlamentar, ferindo de morte a dignidade do cargo e a ética que se impõe", afirmou.

Em seguida, foi aberta a palavra aos senadores que quiseram se manifestar pelo tempo máximo de 10 minutos. Todos fizeram discursos contra Demóstenes, mas não puderam declarar o seu voto, que é secreto. Um dos mais enfáticos foi o senador Mário Couto (PSDB-PA). "Hoje é um dia de moralidade, sim, mas o País sabe que aqui não tem moralidade. O Brasil inteiro sabe que não existe Senado e Câmara neste País. O povo está dizendo 'me engana que eu gosto', é isso que o povo brasileiro deve estar dizendo hoje de todos nós", afirmou o tucano.
Também falou o senador João Capiberibe (PSB-AP), que assumiu o mandato no fim do ano passado após uma batalha jurídica para não ser enquadrado na Lei da Ficha Limpa. "O que impressiona é a impunidade de certos políticos que circulam livremente por esse País como se nada tivesse acontecido, protegidos pelo foro privilegiado e pelo corporativismo", afirmou citando o caso do deputado e ex-prefeito de São Paulo Paulo Maluf, que integra a lista de mais procurados da Interpol e pode ser preso se sair do País.

Depois, o senador Randolfe Rodrigues (AP), líder do PSOL, partido que ingressou com representação contra Demóstenes, falou por 30 minutos. “A votação de hoje é paradigmática, o que está em jogo não é a posição, não é a conduta errônea de um senador da república, é sobre a credibilidade de uma instituição centenária”, afirmou na tribuna.
Para Randolfe, Demóstenes colocou o seu mandato a serviço dos interesses de Cachoeira e isso é revelado em várias interceptações telefônicas da investigação da Polícia Federal na Operação Monte Carlo. “Pelos elementos dos autos, não há dúvida, podemos inferir que o representado não mantinha com o senhor Carlos Cachoeira apenas relações pessoais. Tinha, sim, relação de atuação na defesa dos interesses da organização criminosa", disse Randolfe.
Veja imagens da sessão do Senado: 
Demóstenes Torres (ex-DEM-GO) foi o primeiro senador a chegar à sessão no plenário do Senado nesta quarta-feira. Foto: Agência Senado Senador Humberto Costa (PT-PE) é o relator do processo contra Demóstenes Torres no Conselho de Ética do Senado. Foto: Agência Brasil Demóstenes acena durante sessão que define seu futuro político. Foto: Agência Senado O senador Pedro Taques (PDT-MT) concordou com Humberto Costa:  "O senador adotou conduta incompatível com o decoro parlamentar". Foto: Agência Senado O senador Demóstenes Torres foi alvo de processo no Conselho de Ética por quebra de decoro parlamentar. Foto: Agência Brasil Mário Couto (PSDB-PA) foi um dos mais exaltados ao se pronunciar: "Hoje é um dia de moralidade, sim, mas o País sabe que aqui não tem moralidade". Foto: Agência Senado A senadora Ana Amélia (PP-RS) se manifestou contra Demóstenes, dizendo que para o parlamentar não basta "ser honesto, tem que parecer honesto". Foto: Agência Senado O senador afirmou em sua defesa que foi massacrado por denúncias sem provas. Foto: Agência Brasil
Demóstenes Torres (ex-DEM-GO) foi o primeiro senador a chegar à sessão no plenário do Senado nesta quarta-feira. Foto: Agência Senado
1/8
Defesa:
Em seus 40 minutos de defesa, o senador Demóstenes Torres (ex-DEM-sem partido) voltou a dizer que é inocente e foi “perseguido como cão sarnento”. Demóstenes disse que não teve direito à defesa e comparou seu caso ao do senador Humberto Costa (PT-PE), acusado e depois inocentado no escândalo que ficou conhecido como máfia dos vampiros.
Demóstenes no Senado: "Por que minha cabeça tem que rolar?"
“Quero o mesmo tratamento de Humberto Costa. Por que minha cabeça tem que rolar? Eu provei aqui várias vezes que fui inocente, quero o direito do tempo, o direito da ampla defesa e do contraditório. Por que me negaram o direito à perícia?”, afirmou.
O senador goiano questionou a pressa com que seu caso foi resolvido, afirmou que em nenhum momento das investigações da Polícia Federal na Operação Monte Carlo ele é considerado membro da organização criminosa de Cachoeira.
O caminho até a votação
No final de março, o PSOL entrou com uma representação contra o senador e o Conselho de Ética do Senado abriu processo contra ele por quebra de decoro parlamentar.
Em depoimento de cinco horas ao conselho, o senador negou ter usado seu mandato a serviço de Cachoeira. Mesmo assim, o Conselho de Ética votou com o relator do processo, Humberto Costa (PT-PE), e aprovou a cassação de Demóstenes .
Na semana seguinte, a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado confirmou a legalidade do processo do Conselho de Ética contra Demóstenes e aprovou a votação em plenário, que ocorre nesta quarta-feira.

Comercialização desses produtos fica suspensa a partir do dia 13. Medida não afeta os cerca de 3,5 milhões de beneficiários desses planos

São Paulo |

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) suspendeu a comercialização de 268 planos de saúde de 37 operadoras por não terem cumprido os prazos mínimos de atendimento. A medida não afeta os beneficiários desses planos, cerca de 3,5 milhões de pessoas.
Leia também: ANS autoriza reajuste máximo de 7,93% para planos de saúde
"A ANS está proibindo que esses planos possam ser vendidos enquanto a operadora não prestar atendimento adequado àqueles que já os possuem. Não prejudica o beneficiário, pelo contrário, protege essas pessoas", disse o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.
O ministro esclareceu que os planos que tiveram a venda suspensa correspondem a apenas 7% do total de usuários. No país, existem 1.016 operadoras, que comercializam cerca de 22 mil planos. Atualmente, 47,6 milhões de brasileiros estão vinculados a um plano médico, o equivalente a quase um quarto da população.
Os planos são avaliados a cada três meses, de acordo com o cumprimento dos prazos de atendimento. Para as consultas básicas, o cliente deve esperar no máximo por sete dias úteis para conseguir o atendimento. Outras especialidades o prazo é 14 dias e para procedimentos de alta complexidade, 21 dias. Os que tiveram a comercialização suspensa foram mal avaliados duas vezes.
A comercialização desses produtos fica suspensa a partir do dia 13. Se os planos insistirem na venda, poderão ser multados em R$ 250 mil. De acordo com o diretor geral da ANS, Mauricio Ceschin, "houve atrasos em consultas, exames, no atendimento corriqueiro".
Segundo a ANS, o consumidor que pretende contratar um plano de saúde poderá verificar se o registro deste produto corresponde a um plano com comercialização suspensa pela ANS. Esta informação pode ser acessada no endereço eletrônico da ANS.
Veja a lista das 37 operadoras que tiveram planos suspensos:
1 - Admedico Administração de Serviços Médicos a Empresa Ltda.
2 - Administradora Brasileira de Assistência Médica Ltda.
3 - ASL - Assistência a Saúde
4 - Assistência Médico Hospitalar São Lucas S/A
5 - Beneplan Plano de Saúde Ltda.
6 - Casa de Saúde São Bernardo S/A
7 - Centro Clínico Gaúcho Ltda
8 - Centro Transmontano de São Paulo
9 - Excelsior Med S/A
10 - Fundação Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte
11 - Fundação Waldemar Barnsley Pessoa
12 - Green Line Sistema de Saúde S.A.
13 - Grupo Hospitalar do Rio de Janeiro Ltda
14 - HBC Saúde S/C Ltda
15 - Memorial Saúde Ltda
16 - Nossa Saúde - Operadora Planos Privados de Assistência à Saúde Ltda
17 - Operadora Ideal Saúde Ltda
18 - Porto Alegre Clínicas S/S Ltda
19 - Prevent Senior Private Operadora de Saúde Ltda
20 - Real Saúde Ltda EPP
21 - Recife Meridional Assistência Médica Ltda
22 - Samp Espírito Santo Assistência Médica Ltda
23 - São Francisco Assistência Médica Ltda
24 - São Francisco Sistemas de Saúde Sociedade Empresária Ltda
25 - Saúde Medicol S/A
26 - Seisa Serviços Integrados de Saúde Ltda
27 - SMS - Assistência Médica Ltda
28 - Social - Sociedade Assistencial e Cultural
29 - Sosaúde Assistência Médico Hospitalar Ltda
30 - Unimed Brasília Cooperativa de Trabalho Médico
31 - Unimed Federação Interfederativa das Cooperativas Médicas do Centro-Oeste e Tocantins
32 - Unimed Guararapes Cooperativa de Trabalho Médico Ltda
33 - Unimed Maceió Cooperativa de Trabalho Médico
34 - Unimed Paulistana Sociedade Cooperativa de Trabalho Médico
35 - Universal Saúde Assistência Médica S.A.
36 - Vida Saudável S/C Ltda
37 - Viva Planos de Saúde
Veja também a lista completa dos tipos de planos com venda suspensas
Mais:
Entra em vigor nova regra para plano de saúde de aposentado e demitido
Justiça obriga convênios a informar mudanças na rede de atendimento
Planos de saúde não podem fixar limite com despesa hospitalar, decide STJ
Novas coberturas de planos de saúde entram em vigor
Planos de saúde têm prazo para agendar consultas

Mais antigo cardeal da Igreja Católica morreu por causas naturais. Em nota, governador Sérgio Cabral decretou três dias de luto

iG Rio de Janeiro | - Atualizada às


AE
Uma pomba pousou sobre o caixão de Dom Eugenio Sales durante o velório
Morreu, na noite de segunda-feira, aos 91 anos, na capital fluminense, o cardeal Dom Eugenio de Araujo Sales, arcebispo emérito da Arquidiocese do Rio de Janeiro.
Dom Eugenio morreu na Residência Assunção, onde morava, na Estrada do Sumaré, na zona norte do Rio.
Segundo a Arquidiocese, o mais antigo cardeal da Igreja Católica morreu por volta das 23 horas por causas naturais. O corpo do religioso está sendo velado na Catedral São Sebastião, no centro do Rio e o enterro será na quarta-feira (11), na própria catedral.
Um clima de serenidade marcou a chegada do corpo do cardeal dom Eugenio à catedral onde foi recebido com uma salva de palmas pelos fiéis. Muitos chegaram em caravanas do interior e de outros Estados.
Na entrada da catedral, o caixão foi abençoado pelo arcebispo da arquidiocese do Rio, dom Orani Tempesta. "Ele partiu serenamente para a casa do Pai", disse o arcebispo. A Companhia de Músicos da Polícia Militar tocou o Hino Nacional e a Marcha Pontifícia, o Hino do Vaticano. Além de autoridades religiosas, estiveram presentes no velório o prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), e o governador do Estado, Sérgio Cabral Filho (PMDB).
Uma pomba esteve ao lado do corpo durante algum tempo na catedral, onde estão sendo celebradas missas a cada duas horas.
Em nota divulgada na madrugada desta terça-feira, o governador do Rio, Sérgio Cabral, lamentou a morte de Dom Eugenio Sales e decretou luto oficial de três dias no Estado. "Dom Eugenio Sales era amado pelo povo do Rio de Janeiro. Nas últimas décadas, a sua liderança religiosa foi a mais importante do nosso Estado. Vamos decretar três dias de luto", afirma Cabral.
Cardeal teve seu nome cogitado para ser papa
Nascido em Acari (RN) no dia 8 de novembro de 1920, fez seus primeiros estudos em Natal onde ingressou, em 1931, no Seminário Menor. Os cursos de Filosofia e Teologia foram realizados Seminário da Prainha, em Fortaleza. A ordenação presbiteral ocorreu em dia 21 de novembro de 1943.
Reprodução
Dom Eugenio Sales morreu por volta das 23 horas desta segunda-feira (09)
Com 33 anos, em 1954, foi nomeado bispo auxiliar de Natal pelo papa Pio XII. Em 1962 foi designado administrador apostólico da Arquidiocese de Natal, função que exerceu até a chegada de Dom Nivaldo Monte, em 1965. Em seguida, tornou-se administrador apostólico da Arquidiocese de Salvador e, quatro anos depois, arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, pelo papa Paulo VI.
No período em que esteve em Salvador, Dom Eugenio foi o criador das Comunidades Eclesiais de Base, da Campanha da Fraternidade e do Movimento de Educação de Base. Foi também um dos primeiros a implantar o Diaconato Permanente na Igreja no Brasil. No tempo da Ditadura Militar, realizou, em segredo, diversas ações para ajudar e abrigar perseguidos políticos.
Em 1969, Dom Eugenio foi nomeado cardeal presbítero pelo Papa Paulo VI, e chegou a ocupar cargos em onze congregações no Vaticano. Chegou a ter o nome cogitado entre os candidatos a Papa, depois da morte de João Paulo I.
Em 13 de março de 1971, foi nomeado para a Arquidiocese do Rio de Janeiro, função que exerceu até 2001, quando sua renúncia foi aceita, devido aos 80 anos de idade.
A Arquidiocese informou que, nos últimos dias, a rotina de Dom Eugenio, que não possuía nenhuma enfermidade grave, limitava-se entre o quarto e no gabinete, onde lia jornais e assistia à TV.
*Com informações da Agência Estado
Quem tinha atendimento agendado no Bloco três da UNESP, nesta sexta feira 06/07/2012, teve que ter muita paciência, porque o atendimento só começou por volta das 16 horas.
Vários pacientes da Cidade e também da região, como Avaré, Agudos, Tietê, Paranapanema e outras, ficaram impacientes com a demora no atendimento, inclusive vários Cadeirantes que relataram que estavam esperando desde as 10h30 min. e até as 17h00 horas ainda não teriam sidos atendidos e alguns acabaram desistindo e foram embora sem o atendimento.

Este senhor que estava com a esposa que é cadeirante, foi um dos que desistiu e foi embora sem ser atendido e reclamando que a esposa estava com dor.
E o pior é que só tinha dois Médicos para atender dezenas de Pacientes impacientes.
Segundo informações da recepção, o motivo do atraso se devia a emergência no Hospital.
Outro ponto negativo, é o serviço de som já que no corredor não tem caixa de som, antes tinha e agora não tem mais não sei por que tiraram e a sala de espera estava muito cheia e os que estavam no corredor não ouviam o chamado via som.
Atenção UNESP vamos melhorar os serviços para a população.
        
Outro ponto negativo, é que todos os pacientes são agendados para o mesmo horário que é as 13h00, e acabam ficando todos sufocados sem ter espaço suficiente para acomodar todos.
Porque não se faz um agendamento escalonado como Poe exemplo de meia em meia hora ou mesmo de hora em hora para que os pacientes não fiquem esperando e perdendo tanto tempo?
Mas para isso, os Médicos tem que cumprir o horário.
E porque não se faz o atendimento ao invés de uma vez, duas vezes por semana para evitar o acumulo de tantos pacientes em um só dia?
                                                                   
Está ai a sugestão.
domingo, 1 de julho de 2012 12:46

Motorista já paga pedágio mais caro em SP
O motorista que trafega por rodovias administradas por concessionárias privadas em São Paulo passa a pagar um pedágio mais caro a partir deste domingo (01). Desde o início do dia, as tarifas sofreram reajustes entre 4,26% e 4,98%. No Sistema Anchieta-Imigrantes, que interliga a capital ao litoral sul do Estado, o pedágio passa a custar R$ 21,20, de acordo com a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp).

O reajuste feito anualmente é calculado a partir de índices de inflação. Neste ano, ao contrário do anunciado anteriormente pelo governo estadual, os reajustes continuarão atrelados à variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e do Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M). A princípio, o governo paulista pretendia padronizar o uso do IPCA como referência para os valores cobrados a partir de 1º de julho, mas, como a variação do IPCA foi maior do que a do IGP-M no último período de referência, a Artesp optou por manter neste ano parte dos reajustes atrelados ao IGP-M - aplicados em contratos de concessão mais antigos.

De acordo com a Artesp, o reajuste em 85% das praças de pedágio será de até R$ 0,30. No Sistema Anchieta-Imigrantes, onde há apenas uma praça de pedágio no início da descida da serra, contudo, o reajuste será de R$ 1,10. Com isso, o valor cobrado para veículo de passeio e por eixo de veículo comercial passou para de R$ 21,20, o maior do Estado.

Em outros casos, como na Rodovia Washington Luis, na altura de Araraquara e na praça de Catiguá, e na Castello Branco, na altura de Itatinga, os pedágios também estão acima de R$ 10. Já na praça de Diadema da Imigrantes a tarifa é de R$ 1,60.

No Rodoanel Mário Covas, a tarifa base do Trecho Sul será reajustada para R$ 2,60 e, no Trecho Oeste, para R$ 1,50. Em ambos os casos, os usuários pagam uma única tarifa, nas saídas do Rodoanel.

Parabéns psdb voçês são massa.

Ultimas Notícias

Loading...